Pesquisadores do IBGE iniciam panorama da área agrícola na Região da Cebola

Data: 10/10/2017
Secretaria/Setor: Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Autor Texto: Assessoria de Comunicação Social e Imprensa

Pesquisadores do IBGE iniciam panorama da área agrícola na Região da Cebola

A Região da Cebola está recebendo, desde a quarta-feira, 4 de outubro, técnicos de pesquisa do Censo Agro 2017 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que vão a campo para conhecer as características e a produção de todos os estabelecimentos agropecuários do território brasileiro. Em Ituporanga, tem como parceira a Administração Municipal através da Secretaria de Agricultura do Município.

O Censo Agropecuário, Florestal e Aquícola 2017, é a principal e mais completa investigação estatística e territorial sobre a produção agropecuária do país, que já está mobilizando milhares de pessoas desde a fase de seu planejamento até a divulgação dos resultados. O último censo realizado na área rural foi feito em 2007.

Entre as informações coletadas estão dados sobre a propriedade, produção, área, características da família, estoques, pecuária, lavoura permanente, silvicultura, entre muitas outras variações, que ajudarão a criar um panorama o mais próximo possível da realidade da  agropecuária do país.

Para o secretário de Agricultura de Ituporanga, Adilson Rode, é extremamente necessário que o agricultor e produtor receba bem o pesquisador e seja honesto na divulgação de dados sobre a propriedade, já que a pesquisa mantém o sigilo de identidade e das informações, utilizando os dados apenas na totalidade.

“É dessa forma que os governos, tanto Federal, Estadual ou Municipal são capazes de criar políticas públicas de incentivo ao agricultor e meio rural, especificamente para cada região, tendo como base um panorama traçado pela pesquisa”, comentou o secretário.

Já o agente censitário regional Rodrigo Sartore Bogo, explica que se trata de uma pesquisa de universo, com informações sobre produção e subsistência, e que são 17 pesquisadores atuando em 11 municípios da gerência de Ituporanga. “São 17 pessoas no momento, mas outras 12 devem começar a trabalhar nas próximas semanas, sendo que o prazo da pesquisa é de cinco meses. O resultado dessa pesquisa será muito importante, já que a economia da região é baseada na agropecuária”, disse o censitário.

O pesquisador do IBGE estará devidamente caracterizado, com vestimentas, bolsa, crachá e um smartphone que será o coletor das informações. No verso do crachá de cada pesquisador tem um número 0800 para esclarecimentos sobre a pesquisa e na Secretaria de Agricultura o agricultor poderá checar a listagem de nomes dos pesquisadores devidamente cadastrados. Ainda no verso do crachá é possível ter acesso a lei do sigilo.

Os municípios da região que serão pesquisados, além de Ituporanga, são: Chapadão do Lageado, Aurora, Petrolândia, Atalanta, Agrolândia, Vidal Ramos, Imbuia, Leoberto Leal, Trombudo Central e Braço do Trombudo. Em Rio do Sul, outras duas subseções dividem a região do Alto Vale.  



(47) 3533-1211 - Rua Joaquim Boing, Nº 40, Centro - Ituporanga
Prefeitura do Município de Ituporanga -- Todos os direitos reservados. Copyright © 2017
Horário de Atendimento: 7:00 hs às 13:00 hs
Webmail