Agricultores familiares de Ituporanga se organizam para comercialização direta da produção

Data: 18/06/2014
Secretaria/Setor: Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Autor Texto: Assessoria de Comunicação Social e Imprensa | Autor Fotos: Fabiano Amaral

Incentivados pela Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal da Agricultura, e EPAGRI, agricultores familiares de Ituporanga se reuniram na quarta-feira (11), para planejar a demanda de alimentos a serem fornecidos pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Para Nutricionista Pâmela Medeiros, coordenadora e responsável pelas aquisições no município, esta ação conjunta entre entidades e agricultores é muito importante para garantir o cumprimento da Lei no 11.947 de 2009, que determina que no mínimo 30% do valor repassado a estados e municípios pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o PNAE devem ser utilizados obrigatoriamente na compra de gêneros alimentícios provenientes da agricultura familiar. “Esta parceria tem possibilitado a elaboração de um cardápio adaptado a produção local, mantendo as características culturais, e favorecendo a oferta de produtos com mais qualidade para os alunos da rede pública, com a inclusão, por exemplo, de ovos coloniais, macarrão caseiro, frutas e hortaliças produzidas no município” explica Pâmela.

Para os agricultores, representa um canal importante de comercialização e geração de renda com regularidade. “A produção é planejada conforme a demanda e a venda é garantida, com remuneração mais justa, pois não existem atravessadores neste sistema. As negociações acontecem diretamente com o produtor”, comemoram os agricultores José Rodrigo e Ana Lúcia Eger.

Inicialmente a Secretaria Municipal da Agricultura dará apoio no transporte dos produtos da propriedade rural até a central de recebimento, de onde serão encaminhados para as escolas.  Porém, Almir Schafer, Secretário da Agricultura, reforça que se têm estruturas no município que poderão ser utilizadas por estas famílias, viabilizando a comercialização de seus produtos.

“Mais do que produzir e comercializar, o PNAE traz a reflexão: o que estamos produzindo e para quem produzimos? Trata-se de alimento, e não apenas de produto”, lembra a Engenheira Agrônoma da Epagri, Katiucia Micheli Visentainer. As propriedades estão sendo acompanhadas tecnicamente e os agricultores orientados neste sentido, tendo em vista que os principais consumidores serão as crianças. “Queremos produzir sim, porém com qualidade e segurança alimentar”, conclui.



(47) 3533-1211 - Rua Joaquim Boing, Nº 40, Centro - Ituporanga
Prefeitura do Município de Ituporanga -- Todos os direitos reservados. Copyright © 2017
Horário de Atendimento: 8:00 hs às 12:00 hs e das 14:00 hs às 17:00 hs
Webmail